Répteis

Parque dos Dinossauros

Cranio de tiranossauro

Réplica crânio de T. rex

O mundo já foi dominado pelos dinossauros na era Mesozóica, que compreende os períodos: Triássico (250 a 203 milhões de anos a. C.), Jurássico (203 a 150 milhões de anos a. C.) e Cretáceo (150 a 65 milhões de anos a. C.). É importante frisar que embora dinossauro signifique “lagarto terrível”, ele é um réptil e não um lagarto. Então, o que é um réptil?

Do grego Reptilia que significa “rastejante”, os répteis foram os primeiros animais que conseguiram se adaptar ao ambiente terrestre, não mais necessitando da água para respirar ou se reproduzir. Surgiram a partir de anfíbios primitivos. Atualmente existem cerca de 1,7 milhões de espécies descritas, mas estima-se que esse número possa chegar a 10 ou 15 milhões de espécies existentes. Estão divididos em quatro ordens:

44957med3002074-sucuri-dominando-um-jacare-no-pantanal

Luta de gigantes: sucuri amarela (E. noteous) e jacaré do Pantanal (C. yacare)

1-) CROCODILIA: ordem composta pelos crocodilos, gaviais e jacarés.

2-) CHELONIA: ordem composta pelos cágados, jabutis e tartarugas.

3-) RYNCHOCEPHALIA: ordem composta por duas espécies de tuataras.

4-) SQUAMATA: ordem composta pelos lagartos e serpentes.

Tuatara on forest floor three quarters

Tuatara (Sphenodon ssp)

jabuti-

Jabuti-piranga (C. carbonaria)

O Brasil é um dos países com a maior biodiversidade de répteis do mundo e é um importante nicho paleontológico, dispondo de vários sítios arqueológicos.

titanossauro2

Titanossauro viveu em várias regiões brasileiras

(http://www.avph.com.br/jpg/titanossauro2.jpg – Imagem retirada em 24 de Agosto de 2013, 2h20)

Amphisbaena alba ou cobra-de-duas-cabeças.

Amphisbaena alba ou cobra-de-duas-cabeças.

anfisbena

Anfisbena mitológica

Observação importante: até 2012/2013, não havia um consenso entre pesquisadores sobre a classificação da família Amphisbaenidae, que alguns classificavam como répteis e outros como anfíbios. Recentemente isto mudou e agora ela passou a integrar o grupo Reptilia. Uma das espécies mais conhecidas é a cobra-de-duas-cabeças (Amphisbaena alba). Curiosidade: na mitologia grega existe um ser denominado de “anfisbena” (que vai para as duas direções) e que era retratado como um animal com cabeça de serpente e cabeça de lagarto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s